• Rafael Fusco

Como o Cão Chico Aumentou Minha Produtividade e Melhorou Minha Saúde

Atualizado: 21 de Mai de 2020

O Chico é adotado (não conta pra ele). A história dele é mais uma dentre tantas por ai e hoje a nossa caminhada é uma só. Quero compartilhar o que essa experiência beneficiou minha saúde física, mental e como aumentou minha produtividade no trabalho.


Chico está com 1 ano e 8 meses e ele é o mais novo CEO da Nuvein.


Ele nasceu no final de Agosto de 2018, numa comunidade carente de São Paulo. Ele e mais 4 cachorrinhos vieram a esse mundo juntos e já enfrentaram uma barra, assim, logo de cara.


A mãe do Chico já estava em situação de rua e ao dar a luz a 5 filhotes, essa galerinha ficou sem qualquer cuidado e contraíram as mais diversas enfermidades que um cachorro pode ter: sarna, verme, pulga, anemia e desnutrição.


O pessoal da comunidade viu aquilo como uma questão de saúde pública (e era mesmo) e alguém deu a brilhante ideia de fazer um buraco no chão, colocar os filhotinhos e tacar fogo no problema.


Pausa dramática. Pode ficar revoltado e tal, mas não caiam na besteira de colocar a culpa no pessoal que mora na comunidade carente. Foi uma pessoa, que a gente não sabe quem é e nem queremos saber que teve essa iniciativa macabra e que foi providencialmente interrompida…


Continua...


Um anjo apareceu e mandou todo criar juízo. Pegou os filhotes, com a promessa de levá-los para a casa da Renata. Esse anjo trabalhava na casa da Renata como diarista.

Um dos filhotes ficou com ela e a Renata acolheu 4 filhotes em condições terríveis, deu o seu melhor e os reabilitou pra adoção. Jogou as fotos desses peludinhos aos 4 ventos e um deles chegou até o coração da Carolzinha (minha princesa ruiva).



Chico e seus irmãos e irmã. Chico na ponta esquerda lá em cima, depois vem o Cascão, Apollo e Magali.


Carolzinha me convenceu a ir até a Renata fazer uma “visita” para conhecer o cãozinho e eu cai na mais deliciosa armadilha desse planeta redondo. Quando me dei conta, já tava com um animalzinho no assoalho do carro, pronto pra apresentar a ele o seu novo lar.


Mujica ou Chico?


Primeira briga de um casal recém papai e mamãe é: escolher o nome. Eu queria Mujica, por causa do presidente do Uruguai, que eu idolatro (o cara é foda) e a Carolzinha queria Chico, por causa do Buarque.


Como vocês podem ver, eu perdi essa parada.

Chico chegou aqui em casa cheio de problemas de saúde que necessitam cuidados. Esses cuidados não não só consomem recursos financeiros, mas também emocionais e demandam tempo. E é assim que se constrói um base de amor incondicional e comprometimento.


Os dois maiores problemas eram a sarna e os vermes.


Sarna: Chico ficou quase que completamente sem pelos e a pele havia se tornado mais fina que uma folha de papel sulfite. Então ele vivia sangrando, chorando de dor e o banho tinha que ser muito delicado. Se liga no primeiro banho do bicho aqui em casa… com camomila minha gente:


Vermes: Além de ser nojento, esses parasitas roubam do animal todos os nutrientes e causam vários outros problemas, como desnutrição e anemia. E vou te falar uma coisa: fique sempre esperto no cocô do seu Pet, porque os vermes são traiçoeiros e podem aparecer a qualquer momento.


Consulte sempre um veterinário.

Foram 3 meses sem poder sair de casa com o Chico. Ele não podia tomar as vacinas até estar com a saúde 100%. A veterinária explicou que devido ao histórico, qualquer bactéria ou vírus poderiam ser fatais.

Agora o Chico tá com 1 ano e meio e tá maravilhoso. Come igual um boi, brinca até me encher o saco e tá com um pelo mais bonito que o cabelo da Beyoncé. Hoje em dia, o cuidado com a higiene dele é levada bem a sério… quem quer voltar a dar banho de bacia com camomila nesse pequeno pônei?


Tivemos a sorte de encontrar o Studio Pet Store & Spa (Essa foto aí do lado é do 1º banho do Chicote), do nosso vizinho e amigo Igor. Ele toma banho quinzenalmente e ganha uma tosa ou uma hidratação uma vez por mês. Como lá no Studio Pet tem uma galera super capacitada e profissional, não é só o banho… eles e elas ficam de olho em cada pedacinho do Chico e caso encontrem algo de errado, logo nos avisam.



Ambiente de Trabalho Mais Saudável e Mais Produtivo


Trabalho em home office desde 2010. São 10 anos trabalhando sozinho, sem ninguém, fisicamente, no escritório da Nuvein.


Quando o Chico chegou, foi lindo e maravilhoso pra nossa família, mas não foi pra empresa. Ele roubava todo o meu tempo, pela fofura, novidade e os cuidados veterinários que ele tanto necessitava.

No segundo mês de sua chegada, comecei a assistir vídeos de adestradores e percebi que era o caminho mais fácil para que eu e o Chicknito tivéssemos uma interação mais produtiva e saudável.

O Chico ajudou demais nesse processo. É um animal surpreendentemente inteligente e emocionalmente comprometido com as rotinas da casa. Na verdade, Chico criou, em 1 ano, mais rotinas do que eu, em 37 anos de vida.

Passadas essas fases: novidade, fofura, cuidados veterinários e adestramento, posso te falar logo de cara 3 pontos fundamentais de melhoria no meu ambiente de trabalho home office Pet friendly: Menos Estresse e Aumento de Produtividade; Aumento da Criatividade e tenho o Melhor Colega de Trabalho do Mundo.

Essa foto retrata como os problemas de saúde deixaram ele sem pelos e abatido devido a anemia.



Menos estresse e Aumento de Produtividade


Os Pets ajudam a relaxar e a reduzir a frequência cardíaca e a pressão arterial. Cada vez mais, empregadores e funcionários estão descobrindo que os animais de estimação no local de trabalho os tornam mais felizes, reduzem os níveis de estresse e criam um ambiente confortável e flexível. Os bichinhos podem criar camaradagem no local de trabalho e desencadear interações que podem não ter acontecido sem eles.


Uma comunicação melhor leva a mais confiança, um componente-chave em um ambiente de trabalho bem-sucedido. A confiança e a comunicação rivalizam com o estresse e promovem a produtividade, causando melhoria do moral e redução do absenteísmo. Além disso, reduzir o estresse significa menos doenças relacionadas ao mesmo e os custos de saúde que os acompanham.


Aumento da Criatividade

A presença dos peludos permite que a gente faça pequenas pausas para o cérebro descansar e recarregar energias. Essas pausas com interação junto ao animal são uma ótimas. Oxigena as ideias e conseguimos ver com mais clareza as soluções de problemas complicados e mais rapidamente encontramos as melhores formas e os melhores meios de alcançar os resultados.


Melhor colega de trabalho do Mundo

O Chico não se importa se acordo de ovo virado, se recebo um e-mail péssimo e nem se estão me ligando do setor de cobrança do banco. O bichinho de estimação é um catalisador de emoções comprometido em trazer a mais pura felicidade no ambiente que o cerca. Não tem jeito dessa parceria, Pet e Trabalho, dar errado. Chiquinito e o seu Pet são uma fonte de conforto, apoio genuíno e inspiração.




Poupança em saúde e propriedade de animais de estimação


Os veterinários obtiveram recentemente dados quantitativos para provar que os animais de estimação são bons para sua saúde. Antes dessa informação, os estudos eram compostos de dados qualitativos que reforçam os benefícios dos animais de estimação para as pessoas. Agora, existem dados que mostram como os animais de estimação economizaram dólares americanos.


A Iniciativa de Pesquisa em Títulos de Animais Humanos (HABRI) descobriu que a posse de animais é responsável por economizar $ 11,7 bilhões por ano. 132,8 milhões de donos de animais economizam $ 11,37 bilhões em consultas médicas, enquanto 20 milhões de donos que andam com seus animais de estimação 5 vezes por semana mostram menor obesidade e economizam US $ 419 milhões em cuidados de saúde.

Agora, os animais de estimação podem ser identificados como um método proativo de permanecer saudável e evitar problemas de saúde, economizando dinheiro em uma escala pessoal, profissional, governamental e médica.

Dicas para animais de estimação no local de trabalho

Animais de estimação no local de trabalho são benéficos, mas os empregadores devem tomar as medidas adequadas para garantir um ambiente saudável para animais de estimação e funcionários.


  • Mantenha uma boa higiene. Os funcionários não devem apenas estar saudáveis ​​no trabalho para evitar a propagação da doença, mas os animais de estimação também. Os animais de estimação devem ser arrumados, limpos e livres de contágios e pulgas ou carrapatos.

  • Confirme se as vacinas estão atualizadas.

  • Introduzir novos animais de estimação lentamente. Os animais de estimação ainda são animais e precisam ser acostumados adequadamente a novos ambientes. Especialmente quando há outros animais de estimação e pessoas envolvidas. Ambientes novos e únicos podem estressar os animais de estimação e causar comportamento incomum ou destrutivo

  • Informar todos os funcionários sobre treinamento e necessidades alimentares. Os funcionários devem respeitar e apreciar que seu animal de estimação não é o único no local de trabalho. Eles também precisam entender o quão bem seu animal de estimação é treinado e quais são suas necessidades alimentares. Alguns animais de estimação comem tudo o que podem, deixando pouco ou nada para os animais menos entusiasmados. Respeitar o local de trabalho treinando e observando animais de estimação pode evitar problemas invisíveis.

  • Consciência do empregador sobre fatores únicos

  • Naturalmente, existem algumas reservas a respeito de animais de estimação no local de trabalho. Embora os benefícios sejam numerosos e destacados, existem alguns obstáculos que todo empregador deve levar em consideração.

  • Custos adicionais para cuidados com os animais, escritório à prova de animais. Os custos dos animais de estimação variam de $500 a $1500 por ano, para um animal por ano. A inclusão de animais de estimação no local de trabalho exige que os empregadores assumam alguns desses custos, como alimentos, brinquedos, guloseimas e qualquer dano acidental que ocorre naturalmente ao cuidar de animais de estimação.

  • Segurança de animais de estimação e funcionários. Os animais podem agir por uma infinidade de razões ou não, e não podem ser responsabilizados por suas ações. A conscientização e um plano para lidar com essas incidências devem ser preparados e levados a sério. As indústrias envolvidas em medicina, produtos farmacêuticos, produtos químicos e alimentos podem não ser seguras para o animal, o funcionário ou o consumidor. Além disso, os animais de estimação no local de trabalho abrem caminho para questões legais que podem realmente criar mais estresse e um ambiente de trabalho negativo.

  • Evitando distração. É fácil se distrair demais com animais de estimação no local de trabalho e prejudicar a produtividade em vez de promovê-la.

  • Alergias a animais de estimação. A Asthma and Allergy Foundation of America descobriu que 15% a 30% da população total tem algum tipo de alergia a animais de estimação. Os empregadores precisam ser sensíveis aos funcionários com essas alergias e os efeitos que elas podem ter na experiência no local de trabalho.

Fontes:

USC Univerity of Southern California - https://appliedpsychologydegree.usc.edu/blog/the-benefits-of-bringing-pets-to-work/